was successfully added to your cart.

Principais mudanças da NormasISO 14644-1:2015 (Cleanrooms and associated controlled environments – Part 1: Classification of air cleanliness by particle concentration)

Com o compromisso de sempre apresentar informações científicas atualizadas, a SBCC apresenta as principais mudanças da ISO 14644-1:2015, publicada em 15 de dezembro de 2015. Além de divulgarmos em primeira mão as novidades da ISO 14644-1:2015 no seminário Normas revisadas para Classificação e Monitoramento de Áreas Limpas – ISO 14644-1 e ISO 14644-2 – Entendendo as mudanças ocorrido em 14 de Dezembro de 2015 na sede da SBCC em São Paulo, o seminário Introdução à Tecnologia de Áreas Limpas  que também ocorrerá na sede da SBCC  em 26 de fevereiro de 2016 abordará as mudanças da norma.

Principais mudanças da ISO 14644-1:2015:

  1. Remoção do limite de partículas  > 5 µm/m3 nas salas limpas ISO classe 5, para fins de certificação.  Na versão 1999, o limite era de 29 partículas > 5 µm/m3.

    O motivo foram as limitações estatísticas e amostrais para medições de partículas em baixíssimas concentrações, bem como à perda potencial de partículas no sistema de medição, reduzindo a confiabilidade dos resultados obtidos.

  2. O método de classificação foi modificado no que diz respeito a:

  3. Número de pontos de amostragem: uma tabela foi criada e não mais será aceita a abordagem “raiz quadrada da área”. Isto resultou em um aumento do número de pontos de  amostragem para salas maiores que 6 m2.

  4. O cálculo de 95% do Limite Superior de Confiança para número de pontos de amostragens entre 2 e 9 não é mais necessário, dado ao método estatístico usado para definir a nova tabela de pontos de amostragem, o que garante que pelo menos 90% da sala estará em conformidade a um limite de confiança de 95%.

  5. Pontos de amostragens representativos de cada zona devem ser definidos.

  6. Dentro de cada zona, pontos de amostragens adicionais podem também ser necessários, a depender da avaliação de cada zona.

  7. Quanto aos instrumentos de medição de partículas a ISO 14644:1999 apenas requeria o uso de instrumentos calibrados. Na  ISO 14644:2015 a calibração do instrumento deve se feita segundo a ISO 21501.